2 de mar de 2012

Você e eu.

{Natzfirefly}: Inspiração

Meus pés estralam as folhas do chão à cada passo dado, os fios dos meus cabelos se locomovem lentamente, fecho os olhos, consigo sentir a brisa e o ar livre. Dou mais alguns passos, olho ao meu redor, é tudo tão lindo, é uma vista incrível que a natureza oferece, passo entre algumas árvores, não faço a menos ideia de onde estou. O clarão do dia está indo, e a lua pairando sobre o céu azul, totalmente sem nuvens, continuo andando, consigo sentir o cheirinho das flores; nunca estive em um lugar tão lindo, tão mágico. É tão bom sentir, sentir as coisas belas. A escuridão chegou, então pego minha pequena lanterna e a ligo, agora consigo ver apenas onde eu piso, está tudo escuro. Abro o pano branco que está na minha mão e forro o chão de barro ao redor de uma árvore, e é nele em que eu me sento, uso a árvore como um pequeno abrigo agora e é ali em que eu vou passar a noite, essa noite. Ao sentar-me, observo o céu e suas estrelas, é maravilhoso e a lua, a lua brilhava como a inocência de uma criança; está frio aqui, cubro meus braços com apenas minhas mãos frias, mas não adiantou muito, então deito-me sobre o pano e sob a árvore, me encolhendo consigo me aquecer um pouco. Estou com medo do que pode acontecer mas sei que estou segura. Não sei exatamente que horas são, presa em meus pensamentos e enrolada em sonhos eu acabo pegando no sono; é gostoso dormir ali. 

---------------------------------------------------------

Ainda está escuro, mas o sol daqui a pouco começa a brilhar, e como todos os outros dias, pego meu casaco pendurado na porta do meu guarda-roupa, ponho minhas botas e,claro, não poderia esquecer da vara de pescar e das iscas. O dia está frio ainda, fecho as portas de casa, guardo as chaves no bolso e saio caminhando em direção ao rio, essa é a minha melhor atividade. Como ainda está escuro, ligo a minha lanterna e continuo a minha jornada. O rio onde costumo pescar fica um pouco longe mas vale a pena a caminhada todos os dias, a vista é linda.

---------------------------------------------------------------

Ouço um barulho estranho, pareciam galhos sendo quebrados, imaginei que fosse um bicho ou um animal, e me despertei assustada. Estava amanhecendo agora, percebi que minha lanterna continuava ligada desde ontem e, como já dava para ver as coisas, a desliguei. Não havia nada ao meu redor além de tudo o que tinha quando me abriguei ali, talvez não houvesse barulho nenhum, acho que foi apenas um sonho. Me levantei dali, e me cobri com o pano brando, pois está frio. Sem rumo fui caminhando,  estou totalmente perdida. Estou basicamente me arrependendo de ter saído de casa ontem. Enquanto andava, avistei um rio de longe.

-------------------------------------------------------------

Estou meio cansado de caminhar, mais isso é normal. Já estou quase chegando no rio, pois consigo avistá-lo de onde eu estou, mas além de avistar somente o rio, vi uma garota vestida de branco ao meu lado, um pouco longe de mim. Uma garota? num lugar totalmente isolado? Pode ser visão minha, mas parece tão real. 
- Ei, garota!- gritei enquanto corria em sua direção. 

---------------------------------------------------------------

Estava caminhando em direção do rio, precisava beber um pouco de água. Ouvi uma voz gritando alguma coisa que eu não consegui ouvir, mas essa voz masculina repetiu o que tinha dito, agora parecia mais de perto, então olhei em sua direção. Avistei um garoto ao meu lado, ele parecia cansado, ele segurava uma vara de pesca em uma das mãos e um balde, provavelmente de iscas, na outra mão. Nossos olhos se encontraram, ele é bonito, muito bonito.

--------------------------------------------------------------

Ela de longe é bonita, mas de perto, é linda. E foi a partir daquele encontro que hoje nós dois completamos um ao outro. Todos os dias nós dois saímos para pescar junto com os nossos dois filhos. Eu a amo como nuca amei ninguém, e sei que ela diz o mesmo.

---------------------------------------------------------------

Nós dois agora fazemos parte de um único coração. Somos felizes como somos, porque o amor nos transforma.

2 comentários:

  1. Não tenho nem dúvidas de que esse é o melhor texto que eu já li aqui.
    Apaixonei-me por essas músicas aqui do seu blog. *-*

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. *-* obg. Bom saber que gostou... beijos

    ResponderExcluir

Home | Contato | Topo